vigilantes

COMO É FEITA A FORMAÇÃO DESTES PROFISSIONAIS?

Todos os vigilantes e seguranças que trabalham nas empresas sérias de segurança patrimonial devem ter uma formação específica. Dependendo do grau de perigo ao qual estão expostos a carga ou os protegidos, maior será a carga horária do curso por serem mais disciplinas a serem estudadas e praticadas.

Os cursos de formação de vigilantes e seguranças patrimoniais seguem rigidamente as recomendações da PORTARIA Nº 3.233/2012-DG/DPF, de 10/12/2012 (Alterada pela Portaria nº 3.258/2013), e é fiscalizada pela Polícia Federal. Estes cursos conferem ao profissional as técnicas, habilidades e credenciais necessárias, habilitando-o ao exercício da profissão em todo o território nacional na atividade de vigilância patrimonial.

QUEM PODE SER UM VIGILANTE OU SEGURANÇA PATRIMONIAL?

A carreira de vigilante permite a formação e especialização em áreas como segurança pessoal privada (guarda-costas), escolta armada, transporte de valores e em segurança de grandes eventos. Para se especializar é preciso fazer cursos específicos de extensão e participar dos cursos de reciclagem.

O mercado de trabalho de vigilantes e seguranças é diverso. Ele pode atuar em shoppings, órgãos públicos, empresas privadas, centros de distribuição, instituições de ensino, organizadoras de eventos etc.

O candidato interessado em fazer o curso de formação de vigilante ou segurança patrimonial precisa idade mínima de 21 anos e ter concluído o ensino primário, no mínimo; precisa estar em dia com suas obrigações civis e militares, além de apresentar um atestado de bons antecedentes criminais. Deve estar em boas condições de saúde física e mental e ser aprovado no exame médico e psicotécnico. Mulheres também podem e devem fazer o curso.

COMO OBTER?

A Escola de Formação deve expedir os Certificados de Conclusão de Curso de Formação e encaminhá-los a uma unidade da Polícia Federal, no prazo legal, juntamente com os documentos referenciados.

QUAIS SÃO OS TEMAS ESTUDADOS DURANTE O CURSO?

Há variações de acordo com cada centro de formação, mas o profissional deverá ter cumprido uma pesada carga horária tanto no estudo teórico quanto prático das seguintes disciplinas:

[columns] [column layout=”two”]
  • Noções de Segurança Privada
  • Legislação Aplicada e Direitos Humanos
  • Relações Humanas no Trabalho
  • Sistema de Segurança Pública e Crime Organizado
  • Prevenção e Combate a Incêndio
  • Primeiros Socorros
  • Educação Física
[/column] [column layout=”two”]
  • Defesa Pessoal
  • Armamento e Tiro
  • Vigilância
  • Radiocomunicação
  • Segurança Eletrônica
  • Criminalística e Técnicas de Entrevista Prévia
  • Uso Progressivo da Força e Gerenciamento de Crises
[/column] [/columns]

SEGURANÇA É COISA SÉRIA!

Não confie suas conquistas a qualquer empresa. Verifique no mercado as melhores opções e leve em conta a seriedade e profissionalismo de cada empresa, além da qualidade dos serviços prestados. A segurança de seu patrimônio, colaboradores e familiares é o foco principal do Grupo Souza Lima, uma empresa de renome que já vem desenvolvendo com excelência este trabalho há mais de 25 anos.

“Grupo Souza Lima: há mais de duas décadas cuidando de gente!”

Fontes: DPF, Grupo Souza Lima