O Final de Ano está chegando, saiba como se prevenir nas compras de Natal

Neste final de ano, milhares de pessoas fazem compras de Natal. Esteja sempre atento as movimentações estranhas ao seu redor! Separamos algumas dicas para ajudar você a se prevenir nas Compras de Natal

Como se prevenir nas Compras de Natal. A palavra-chave, neste caso, é atenção!

Portanto, se algum imprevisto acontecer mantenha a calma e não reaja!

  • Evite carregar muitas sacolas de uma unica vez, pois com as duas mãos ocupadas a dificuldade em tentar se defender é maior.
  • Quando for as compras, vá acompanhado pois a atenção ficará redobrada.
  • Bolsas, carteiras ou sacolas de compras devem ser transportadas junto ao seu corpo, preferencialmente a sua frente e do lado interno da calcada.
  • Nunca deixe bolsas, sacolas, mochilas, carteiras ou outros objetos pessoais dentro dos carrinhos de compras. Você pode distrair-se por algum segundo e ser roubado.
  • Organize-se no dia das compras, para evitar prováveis horários de maior fluxo nas lojas.Isso otimiza tempo de compra e facilita o pagamento.
  • É sempre aconselhável sair de casa com pouco dinheiro, para sua facilidade pague suas compras com o cartão de credito ou débito.

O PROCOM também dá dicas importantes na hora de comprar pela internet:

  • Procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, endereço, telefone e outras formas de contato além do e-mail). Prefira fornecedores recomendados por amigos ou familiares e desconfie de ofertas vantajosas demais;
  • Leia a política de privacidade da loja virtual para saber quais compromissos ela assume quanto ao armazenamento e manipulação de seus dados;
  • Imprima ou salve todos os documentos que demonstrem a compra e a confirmação do pedido (comprovante de pagamento, contrato, anúncios, etc.);
  • Instale programas de antivírus e o firewall (sistema que impede a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos ou não autorizados) e os mantenha atualizados em seu computador;
  • Nunca realize transações online em lan houses, cybercafés ou computadores públicos, pois podem não estar adequadamente protegidos.
  • Confira a lista com mais de 200 fornecedores que devem ser evitados pelo consumidor que optar por fazer suas compras pela internet.